Sunday, May 25, 2008

Cenas de um aniversário

A receita é simples! Paixão pela gastronomia. Nenhum medo de errar (tudo pode e DEVE ser "aprimorado", pois o toque pessoal, na minha opinião é fundamental!!!). Experimentar. Ousar. Fotografar. Postar! risos... Daí divulga-se entre os amigos queridos e já aí é meio caminho andado... esperando sempre poder ampliar os horizontes e as trocas de experiências gastronômicas! ;)

Considero todas as boas ocasiões ótimas pra um jantar, ou um almoço entre amigos, um pic-nic, uma festa... e uma grande paixão dentro da minha paixão culinária é pensar e organizar menus! ADORO!!!!... E este final de semana foi minha ocasião pra bolar e cozinhar um menu de aniversário da filha de uma amiga, que queria fazer uma festinha despretensiona no jardim com um menu fresco e primaveril, que fosse relativamente simples, mas com um toque original e refinado! ;)

Desta e de outras pequenas experiências pude aprender alguns passos e considerações importantes para uma boa organização da cozinha e um menu, que agradará a todos! ;) Eis algumas:
1 FOME DE QUÊ? - Uma e talvez a primeira coisa ao organizar um menu, além de considar o horário, o local e o tipo de recebimento, é importante conhecer o gosto dos convidados e, principalmente, se algum convidado é alérgico a algum tipo de alimento (por ex: frutos do mar; morangos; cogumelos; etc...)
2 DE LAMBER OD DEDOS! - Se o recebimento é ao ar-livre, num jardim por ex., priorizar o menu com fingerfood, ou de qualquer modo, pratos tipo "pic-nic", que possam ser saboreados em qualquer lugar.
3 MAS QUANDO COMPREI ESTAVA TUDO BOM! - Uma vez escolhido o menu, organizar a lista de compras dos alimentos. Existem os alimentos que podem ser comprados com antecedência, e os alimentos, que devem ser frescos e comprados no dia da festa.
4 OPS! ALGUM FORNO LIVRE, PLEASE!?! - No dia do recebimento, partir dos pratos mais complicados e, se possível, intercalar a preparação com aqueles mais simples! Nunca fazer, ao mesmo tempo, pratos diferentes, que exijam o mesmo tipo de cozimento (um bolo e uma torta, por exemplo!).
Uma das receitas escolhidas para o menu foi uma salada de macarrão fresca e saborosa:
SALADA DE MACARRÃO COM RÚCULA,
TOMATINHOS CEREJA, MOZZARELLA E GERGELIM



Ingredientes:

- macarrão tipo gravatinha ou borboleta;
- tomatinhos cereja;
- mozzarela de búfala;
- sementes de gergelim;
- folhas de rúcula;
- folhas de manjericão fresco;
- azeite e vinagre balsâmico a gosto;
- sal e pimenta a gosto.


Cozinhe o macarrão em água com sal (cerca de 80gr/pessoa) até ficar al dente.
Escorra e coloque em um recipiente com um fio de azeite. Deixe esfriar.
Corte os tomatinhos em quatro e fatie ou corte as mozzarelas em cubos (dependendo do tamanho).
Lave as folhas de rúcula e de manjericão.
Misture tudo ao macarrão já frio e tempere com o sal, a pimenta moída na hora, o vinagre balsâmico e mais azeite (se necessário!).
Salpique as sementes de gergelim!


Sirva frio!

Boa festa!!!! :)

Labels: ,

Wednesday, May 21, 2008

Ainda pistaches!

A idéia de experimentar essa receita surgiu de vários fatores relacionados. Confesso que apesar de gostar desse tipo de biscoito, não era uma das coisas na minha imensa lista de receitas a serem testadas! Talvez porque sempre imaginei que fosse aquele tipo de receita complicada, cheia de etapas e de longos períodos de espera! Tudo bem que já gastei bem mais tempo em outras receitas, mas por alguma razão essa realmente não me dizia muito!...
Mas voltando às idéias... na próxima semana, Ginger estará on the road again... e, como costumo fazer com os amigos, gostaria de levar algo daqui pra lá! Numa troca de sabores, culturas... risos! E foi em meio a essa dúvida de o quê levar, que um amigo sugeriu: cantuccini!...
Já de cara devo dizer que gostei, pois os cantuccini são fáceis de transportar (apesar de não poder levar junto o vin santo! mas nem tudo é perfeito!), não exige local nem hora pra ser degustados e são ótimos.
Era isso mesmo! Decidida e andando por Florença num domingo chuvoso, pensei em dar um pulinho a uma das tantas confeitarias. Só que no meio do caminho... bem no meio do caminho... pensei: "E por que não fazer eu mesma?"... lembrava vagemente de uma receita que tinha visto bem rapidamente num dos tantos blogs que sigo e decidi tentar! :)
Adequei a receita um pouco aos ingredientes, que tinha em casa e o resultado foi muito melhor do que eu esperava!!!
BISCOITOS COM CHÁ PRETO, PISTACHES E CHOCOLATE BRANCO



Ingredientes:
- 200g de farinha de trigo normal;
- 200g de farinha de trigo integral;
- 125g de açúcar refinado;
- 100g de açúcar mascavo;
- o equivalente a um saquinho de chá preto;
- 2 ovos;
- 100g de pistache;
- 100g de chocolate branco quebrado;
- 1 colher (de sopa) de fermento em pó;
- 1 colher (de sopa) rasa de bicarbonato de sódio;
- 1 pitada de sal.
Bata os ovos com a pitadinha de sal e depois adicione os açúcares e continue batendo, até obter uma mistura espumosa e homogênea.
Misture as farinhas, o conteudo do saquinho de chá (se o chá não estiver bem fininho, soque um pouco no socador!), o fermento e o bicarbonato.
Em seguinda, adicione aos poucos a mistura seca à mistura úmida, mexendo com uma colher de pau.
Acrescente os pistaches e o chocolate branco e continue a amassar com as mãos.
Trabalhe rapidamente a massa e forme "rolinhos" de uns 3 cm de largura por mais ou menos 2 cm de altura.
Distribua-os em uma forma forrada com papel manteiga e leve ao forno médio pré-aquecido (180 graus) por 25 min.
Quando faltar uns 5 min para os 25 min de forno, retire os rolinhos do forno e espalhe, com a ajuda de um pincel de cozinha, um pouco de açúcar misturado com uma gota de leite e uma gota de café forte. Recoloque no forno e termine o tempo.
Com uma faca de serra grande, corte os biscoitos na diagonal. Distribua-os na forma forrada com papel menteiga e volte ao forno por mais 10 minutos ou até que estiverem dourados.
Buon appetito!!!! ;)

Labels: ,

Sunday, May 18, 2008

Lá vem o pato... patati patacolá

Essa é uma carne, que gosto muito... mas que tive sempre raras e poucas oprtunidades de saborear!
Daí um dia, ainda inspirada pelo resultado da minha "façanha" com as codornas, passando sem muitas pretensões pelas gôndolas do supermercado, eis que o vejo: o pato. :)
Feliz da vida peça descoberta (não é todo o dia que se pode encontrar pato no supermercado!) e curiosa de qual receita poderia experimentar, levei-o pra casa.
Lá... um pouco por falta de oportunidade (visto que era meio pato) e um pouco por não encontrar uma receita interessante o suficiente, o jeito foi fazer a avezinha passar uma temporada no freenzer. E assim foi!
E como quando a gente programa muito uma coisa, esta geralmente acontece exatamente ao contrário... e o pato foi pra panela não com uma receita interessante... mas na improvisação de uma combinação de várias receitas, como numa "colcha de retalhos"... e devo dizer que o resultado desse "patchwork" foi muito saboroso e gratificante!!! ;)


PATO AO CONHAQUE E CRAVO DA ÍNDIA
NUM LEITO DE CEBOLAS E MAÇÃS ASSADAS




Ingredientes:

- 1/2 pato limpo;

- 1 colher (de sopa) caldo de legumes ou de frango em pó;

- sal e pimenta moída;

- cravo da Índia em pó a gosto;

- 4 cebolas médias cortadas em 4;- 1 maçã grande fatiada;

- 3 colheres (de sopa) de azeite;

- 3 colheres (de sopa) de conhaque;

- pimenta da jamaica.





Tempere o pato com sal, pimenta, caldo de legumes ou frango e o cravo em pó.
Numa forma, distribua as fatias de maçã e as cebolas; regue com azeite e tempere com o sal, pimenta, cravo em pó e um pouco de conhaque.

Misture tudo e coloque o pato, regando-o com um pouco do tempero sobre ele.

Distrinua a pimenta da Jamaica e leve ao forno com papel aluminio.

De vez em vez, regue o pato com o caldinho que vai formando no fundo da forma. Depois que estiver cozido, retire o papel aluminio e faca dourar.
Sirva com geléia de frutas vermelhas.
Voilá!!!!

Labels:

Thursday, May 15, 2008

Drops...

Passou-se algum tempo do último post até este, que vos chega!... Incrível como essas últimas semanas "estrada" alteraram quase que completamente o ritmo do meu dia-a-dia! Ou seja, se antes já era acelerado... dobrou nestes últimos dias! risos...


Fora os despertadores antes do nascer do dia e o sono atrasado. Mas valeu a pena! Ah.. se valeu! "Tudo vale a pena se a alma não é pequena"... e Fernando Pessoa aqui pode até parecer pra lá de batido, mas a viagem se justifica e o sono... este a gente recupera depois, com calma!


E assim foi... com calma me recuperei (não tanto em sono, mas em organização!) e trago comigo neste post um drops daquilo que foi minha mais recente viagem! :)


O lugar? As terras distantes da Escócia, com seus castelos.. kilts... gaitas de fole... Nessie... terra de pessoas amigáveis (tive algumas experiências de, passeando pelas ruas, algumas pessoas passarem por mim e cumprimentaremcom aquele sotaque simpático, fazendo quase sempre observação sobre o tempo, of course! ;) ... que estava lindo e ensolarado, como raramente acontece por aquelas partes!...


Terra de fantasmas, rainhas e do golf... onde, claro, pude experimentar o famoso (e temido) "haggis", feito de tudo que o carneiro tem dentro e misturado com aveia e whisky... scones macios... scots tablet, que lembram muito o doce de leite brasileiro (hummmm!!!!)... shortbreads... e que, aos poucos, compartilharei aqui!



video


Recomendo muito!!!! ;)

Labels: ,